Nobre Demolidora é destaque em revista internacional sobre o setor de demolição

A Nobre Demolidora alcançou o reconhecimento internacional. Recentemente, a empresa fundada e dirigida pela empresária paraibana Eliane Nóbrega foi destaque na revista PDA (Professional Demolition Americas), que é voltada aos mercados da América do Norte e do Sul.

Com o título em português de “Óbvio que ninguém via”, a reportagem ressalta como a empreendedora enxergou uma oportunidade que poucos visualizavam no setor da construção civil: a reciclagem cuidadosa das demolições.

“Quando era faxineira, ao voltar do trabalho, diariamente, ela notava que na maioria das demolições que encontrava, pelo caminho, havia desperdício de grande quantidade de materiais de boa qualidade, como portas, janelas e móveis, além de metais e madeira. E pensou: ‘Se aproveitassem isso tudo, poderiam economizar muito”, destaca um dos trechos da reportagem, que ressalta sua preocupação com a transparência nos negócios.

“Me chamaram de louca quando eu dizia que queria recuperar os materiais das demolições e devolver o dinheiro para os contratantes”, lembra. Ela ficou indignada ao ouvir frases como “trabalho honesto não traz riqueza”, e resolveu provar o contrário. “Se eu for totalmente transparente com meus clientes e devolver para eles o dinheiro que obtenho com a recuperação dos materiais, certamente terei um diferencial único”. E assim ela fez”, destaca outro trecho da matéria.

Aliás, o tema sustentabilidade também tem atenção especial na revista PDA. “Aproximadamente 80% dos materiais provenientes das obras, como ferro, alumínio e cobre, são destinados à reciclagem e transformados em matéria-prima novamente. Já a madeira é recuperada, transformada em novos produtos, como portas, armários e janelas, e revendida”, cita a matéria.

“Eliane Nóbrega é o retrato do empresário que o Brasil precisa nesse momento em que uma crise de credibilidade o abala justamente por falta de confiança e má gestão em empresas e setor público. Ela não teme uma nova crise econômica. “O Brasil já passou por muitas crises. E sempre saímos mais fortes”, diz, com a confiança de quem cresce 300% em um ambiente de economia estagnada e que pode se gabar de feitos como este: “temos casos de obras em que, em vez de receber, nós pagamos para o cliente”, finaliza a reportagem.

nobrepda nobrepda1 nobrepda2 nobrepda3

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s