Cresce número de inscritas no Prêmio Sebrae Mulher de Negócios

premio-mulher-de-negociosMesmo com o clima de ajuste econômico, mulheres empreendedoras têm cada vez mais investido esforços para melhorar a gestão de suas empresas. A edição 2015 do Prêmio Sebrae Mulher de Negócios contabilizou 13.960 inscrições, um crescimento de aproximadamente 22% em relação ao total registrado no ano passado.

O prêmio é desenvolvido pelo Sebrae, em parceria com a Secretaria de Política para as Mulheres, BPW Brasil e com apoio técnico da Fundação Nacional de Qualidade (FNQ). Em 2015, o prêmio entra em seu 11ºano, tornando-se cada vez mais conhecido pelo público feminino. O Estado de São Paulo destaca-se com 3.055 empreendedoras inscritas, seguido do Paraná, do Rio Grande do Sul e da Bahia.

Um dos pontos mais importantes do processo é a entrega de uma devolutiva às empresárias que preenchem o questionário de inscrição, possibilitando a elas entender as dificuldades, implantar ações necessárias e promover o desenvolvimento da maturidade da gestão dos seus negócios.

Para o presidente do Sebrae, Luiz Barretto, o perfil das mulheres empreendedoras mudou muito nos últimos anos. Elas estão mais focadas na importância da formação e da qualificação empreendedora. “As mulheres estão mais escolarizadas, têm mais acesso às informações, ousam mais. Elas não permitem amadorismo. São elas que estão puxando para cima um critério básico para a longevidade das empresas: o nível de escolaridade do empreendedor. Entre 2002 e 2012, a participação das donas de pequenos negócios com Ensino Médio completo passou de 20,1% para 30,5%. Já o número de mulheres com Ensino Superior completo aumentou de 10,2% para 15%”.

Outro dado importante é o número de mulheres empregadas nas micro e pequenas empresas, que cresceu 93% entre os anos de 2002 e 2012, contra 58% de incremento entre os homens. “O crescimento da participação da mulher no mercado de trabalho é uma tendência muito forte no País. Acompanhando esse movimento, temos observado uma procura maior das mulheres pelo empreendedorismo. Na última década, elas ganharam espaço e alcançaram posições de poder na política. É natural que essa conquista de espaço se reflita também na abertura de mais empresas por mulheres”, afirma Barretto.

De acordo com Jairo Martins, presidente-executivo da FNQ, a busca por gestão e o reconhecimento é imprescindível para o período que o Brasil está vivendo. “O sucesso das micro e pequenas empresas depende diretamente da qualidade das pessoas e os diferenciais competitivos que só podem ser alcançados por meio da ação integrada, sistêmica e comprometida de uma equipe de trabalho. Os tradicionais recursos organizacionais já não atendem mais às necessidades das empresas que atuam em um mercado competitivo dinâmico e instável”, reforça.

A competição

A partir de agora, as candidatas concorrem à etapa estadual, quando as vencedoras recebem troféu, selo e ganham uma capacitação do Sebrae. Posteriormente, as vencedoras estaduais competirão na etapa nacional, podendo ser premiadas com uma capacitação em território nacional, além de uma viagem internacional. Veja mais informações sobre o prêmio pelo site:http://www.mulherdenegocios.sebrae.com.br/

Fonte: Sebrae

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s