Nobre Demolidora reciclou 8 mil toneladas de materiais em 2015

A Nobre Demolidora, empresa do setor da construção civil, com atuação nas áreas de demolição, desmonte de estrutura, terraplanagem e escavações, deu mais uma demonstração do seu envolvimento com o tema sustentabilidade. Em 2015, alcançou a expressiva marca de 8 mil toneladas de materiais recuperados e reciclados.

Madeiras retiradas de obras _ Nobre Demolidora

Foram 5 mil toneladas de ferro, metal e sucata, além de mil toneladas de vidro, plástico e papelão. Esses materiais são entregues para parceiros responsáveis em realizar a reciclagem.

Já a madeira atingiu a expressiva marca 2 mil toneladas. Boa parte dessa quantidade foi recuperada e transformada em belos móveis rústicos, que são comercializados na Nobre Loja, mais uma área de atuação do grupo Nobre Demolidora.

“A preocupação com o ambiente sempre esteve no DNA da nossa empresa. Essa atuação ocorre desde o primeiro dia de nossas atividades. Descartamos tudo corretamente. É nossa maneira de mostrar respeito ao ambiente e à sociedade”, declara a fundadora Eliane Nóbrega

O número (8 mil toneladas) é bem superior ao registrado no ano anterior. Para se ter ideia, em 2014, a Nobre Demolidora se aproximou de 4 mil toneladas. Esse crescimento se deve em parte pelo número de obras de grande porte feitas no ano passado. Vale Fertilizantes, Katrium Indústrias Químicas, Panpharma, Caltabiano e Chopp Germânia estão entre as empresas atendidas pela Nobre Demolidora em 2015.

Quer saber mais sobre a Nobre Demolidora? Acesse http://www.nobredemolidora.com.br

À Procura da Felicidade. Um filme inspirador para qualquer empreendedora

Quando retornei para São Paulo, após 16 anos morando na Bahia, trazia comigo duas caixas, somente com o essencial para mim e para minha família. Eu me vi completamente desorientada, afinal de contas onde morava era uma cidade pequena e ao chegar aqui me deparo com uma grande metrópole sem saber por onde recomeçar. Entretanto, eu trazia dentro de mim um sonho ardente que me impulsionava a lutar incessantemente pelo que eu queria.

Não foi fácil recomeçar. Isso requer muito esforço, luta, abdicação. Encontrei muitas pedras no caminho, mas isto nunca me fez desistir. Em determinando momento da minha vida, tive a indicação para assistir o filme À Procura da Felicidade, com o ator Will Smith e seu filho Jaden Smith. Em dado momento, o ator se reporta ao seu filho com a seguinte frase descrita:

em busca da felicidade filme

Isto me fez pensar e me deu mais força para ir atrás dos meus sonhos sem desistir, mesmo que todos falassem das dificuldades que encontraria no ramo que me propus a trabalhar.

E é assim que encaro a vida. Quando quero alguma coisa, não desisto, não paro de lutar até o final. Esta é a minha dica da semana: Se você tem um sonho, nunca abra mão dele. JAMAIS! Se você desistir, nunca sairá do lugar e viverá frustrado.

Assistam o filme À Procura da Felicidade. A história contada por Will Smith me inspirou e tenho certeza que poderá fazer o mesmo por você.

Abraços!

Eliane Nóbrega

Portal da Revista Ecológico conta história de Eliane Nóbrega

A história de superação de Eliane Nóbrega (foto abaixo) à frente de uma empresa de demolição sustentável deu o tom de uma reportagem publicada nesta quarta-feira pelo site da Revista Ecológico.

A matéria mostrou como a ex-diarista enxergou oportunidade de negócio no entulho, superou preconceito em mercado quase dominado pelos homens e viu a Nobre Demolidora se consolidar no setor. Clique aqui e confira a reportagem.

Eliane Nóbrega _ fundadora da Nobre Demolidora (2)

Nobre Demolidora é destaque na TV Cultura

Na última sexta-feira (19), a Nobre Demolidora foi um dos destaques do programa Ordem do Dia, da TV Cultura. O programa foi dedicado às diaristas. E Eliane Nóbrega foi apresentada como um case de sucesso entre essas mulheres que deixaram de trabalhar na casa das pessoas e decidiram abrir um negócio.

Há quase seis anos, a empreendedora comanda uma demolidora sustentável. Acompanhe um pouco dessa história de superação da ex-diarista.

TV Cultura conta história de superação de Eliane Nóbrega

entrevista eliane nobrega nobre loja

A história de superação da empresária Eliane Nóbrega será retratada nesta sexta-feira, às 23h30, na TV Cultura. O programa Ordem do Dia contará como essa paraibana deixou de ser diarista para se transformar em uma das mulheres mais bem sucedidas à frente de uma empresa no setor da construção civil.

Há quase seis anos, Eliane Nóbrega implantou um modelo de demolição sustentável e viu a Nobre Demolidora se tornar referência no segmento. O envolvimento com o tema sustentabilidade é apenas um dos assuntos que serão mostrados no programa da TV Cultura.

Programa: Ordem do Dia

Emissora: TV Cultura

Horário: sexta, às 23h30, e reprise aos sábados, a partir das 8h30.

 

Eliane Nóbrega será mentora de negócios na Feira do Empreendedor

feira-do-empreendedorismo

A Nobre Demolidora está confirmada na Feira do Empreendedor 2016, que ocorre entre os dias 20 e 23 de fevereiro, no Pavilhão de Exposições do Anhembi, em São Paulo (SP). Eu, Eliane Nóbrega, fui convidada para ser uma das mentoras de negócios no Espaço Sustentabilidade.

No sábado e domingo, a partir das 14h, vou dividir minhas experiências com os visitantes. Vou falar sobre desafios, soluções e, acima de tudo, como é ser empreendedora de um negócio sustentável.

Venha nos visitar!

3 dicas para apresentar sua ideia a investidores

3-dicas-para-apresentar-sua-ideia-a-investidores“A primeira impressão é a que fica”. Dicas fundamentais na hora de apresentar seu negócio.

Lembrando que “A primeira impressão é a que fica”, a apresentação para potenciais investidores do seu negócio é uma etapa que precisa ser bem preparada, pois além de ser crítica para o entendimento da oportunidade, serve também como demonstração da capacidade de comunicação do(s) empreendedor(es), uma habilidade fundamental para qualquer negócio.

Usualmente, ela é divida em 3 partes principais, conforme apresentadas a seguir:

1.      O Pitch, também conhecido como Elevator Pitch ou “Discurso do Elevador”, é uma apresentação de 2 a 3 minutos (como se fosse para apresentar se encontrasse o investidor no elevador e tivesse o tempo de apresentar durante a subida/descida) em que deve “vender” a sua ideia de forma clara e concisa. Apesar de ser uma apresentação curta, pela necessidade de se conseguir conquistar a atenção do investidor, muitas vezes representa um grande desafio, assim, concentre-se no que é essencial ao seu negócio, aquilo que irá chamar a atenção do investidor. Não se preocupe com os detalhes e procure além de praticar “no espelho”, apresentar para parentes e amigos e perguntar o que eles entenderam, pois é muito comum pelo envolvimento do empreendedor, esquecer-se de dar uma informação básica sobre a essência do seu negócio.

O Pitch deve poder ser feito tanto apenas verbalmente, quanto eventualmente suportado por uma apresentação de slides (chamada de Deck), caso o empreendedor tenha oportunidade de apresentar em público, lembrando também que não deverá ter mais de 5 a 6 slides, que devem conter pelo menos as seguintes informações:

a.       O mercado-alvo e a necessidade atendida

b.      Como o produto/serviço atenderá esta necessidade

c.       Sua inovação/diferenciação

d.      O potencial do negócio

2.      O Sumário Executivo é um documento normalmente de 1 a 2 páginas que contem as informações básicas do modelo do negócio e da empresa, incluindo seus sócios e equipe. Ele é utilizado para ser enviado para os investidores que não puder apresentar o Pitch ou como material complementar ao mesmo.

3.      Uma Apresentação do Modelo de Negócio, normalmente contêm de 15 a 20 slides, detalhando cada tópico.

Fonte Endeavor 

Faça do limão uma limonada. Aprenda a usar um problema para tirar benefícios para si

Ao analisar a frase acima, fiquei pensando que, diversas vezes na vida, temos que fazer do limão uma limonada. Não podemos perder tempo lamentando o que deu errado. Precisamos parar, analisar o problema e verificar o que podemos aprender com esse percalço. Precisamos busca o máximo possível de aprendizagem e encontrar algo que nos faça crescer.

Certa vez, eu ouvi um palestrante falando sobre as idas à escola quando era mais jovem. Naquela época, ele afirmou que sempre passava por uma área de cheia de carrapicho. Ao chegar na sala de aula, sua roupa sempre estava cheia destas sementes espinhosas. A professora o fazia sair da classe, e ele só poderia voltar quando tivesse retirado todos os carrapichos.

O palestrante lembra que “morria de ódio” com a situação. Enquanto reclamava, só via o “problema” dessas sementes espinhosas encontradas em algumas plantas. O engenheiro suíço George de Mestral se viu na mesma situação. Essas sementes espinhosas grudavam em suas roupas e também no pelo do cachorro. Mas foi além. Decidiu estudar e tentar entender porque ficavam tão fixos sem possuir nenhuma substância adesiva.

Georges examinou o material por meio de um microscópio e distinguiu diversos filamentos entrelaçados, terminando em pequenos ganchos. Isso causava a potente aderência dos carrapichos nos tecidos. Por fim concluiu ser possível a criação de uma material para unir dois materiais de maneira reversível e simples. Nascia o Velcro, marca de um fixador consistido em ganchos e laços usado para conectar objetos.

empreendedora

Percebeu a diferença!  Enquanto um reclamava do problema, o outro tirou vantagens dele.

Faça de suas dificuldades oportunidades para você crescer ainda mais. Aceite como um desafio a ser conquistado.

Quer causar uma boa primeira impressão no cliente? Veja 5 dicas

Empreendedores iniciantes normalmente não têm dinheiro suficiente para ter a mesma estrutura de grandes empresas. Pequenos negócios podem ter menos funcionários, menos departamentos ou um setor de atendimento mais enxuto. Frente a este organograma, parceiros comerciais em potencial podem ter receio de fechar negócios.

Para evitar negativas de clientes e fornecedores, confira algumas dicas, publicadas pela “Entrepreneur”, para fazer sua empresa mais estruturada do que parece.business woman

Vale dizer que as sugestões abaixo devem ser usadas por empreendedores de qualquer tamanho e que donos de pequenos negócios devem tornar suas empresas mais completas conforme elas forem crescendo.

1. Capriche na identidade visual
A primeira impressão é a que fica. E, muitas vezes, a primeira coisa que clientes e fornecedores descobrem sobre sua empresa é a identidade visual. Por isso, capriche nela. Vale dizer que esse conceito não engloba apenas um logotipo. Consiste, na verdade, em códigos de cores, tipografias e grafismos, entre outros elementos, que mostram a identidade de uma empresa.

A identidade visual de uma empresa é coisa séria. Esforce-se para buscar ajuda profissional para a elaboração.

2. E nas redes sociais
Hoje, as redes sociais fazem parte das nossas vidas. É por lá que clientes acompanham as novidades das empresas que eles consomem e entram em contato, quando necessário.

Ter uma fanpage bem organizada e responder rapidamente às mensagens faz com que suas publicações tenham mais impacto e, por consequência, mais pessoas possam curti-la. Ter muitos fãs engajados causa uma ótima impressão.

3. Tenha um site atrativo
Quem está em busca de trabalho e é chamado para uma entrevista, por exemplo, vai direto ao site do seu eventual empregador. O mesmo acontece com todos que podem se tornar parceiros do seu negócio. Tenha um site atrativo de navegação fácil. De preferência, crie páginas responsivas, que se adaptam às telas de todos os modelos de celular e tablets.

4. Demonstre segurança
Grandes empresas têm gestores e empregados capacitados. Por mais que a sua esteja começando, demonstre segurança e defenda suas opiniões com veemência. Vale dizer, claro, que suas palavras podem convencer alguém a tomar decisões importantes. Por isso, caso não saiba do que está falando, não fale qualquer coisa para encerrar a conversa.

Se houver alguma situação parecida com essa, é melhor dizer que precisa avaliar a situação por algum tempo do que dar uma resposta definitiva. Quem fala besteiras demais eventualmente vê sua reputação cair por terra e sua empresa desaparecer.

5. Ter cara de pau
Um único contrato com um cliente pode aumentar consideravelmente suas receitas. Só que pode ser difícil marcar uma simples reunião de prospecção com uma grande empresa. Mas não fique esperando para conseguir o contato de um parceiro em potencial.

Seja cara de pau. Mande mensagens ou telefone. Insista. A reportagem da “Entrepreneur” afirma que o máximo que você terá é um “não” – e que a negativa não vai mudar muito sua vida. Mas um “sim” pode mudar tudo. Tente.

Fonte: Site Pequenas Empresas & Grandes Negócios