Parabéns Luiza Brunet JAMAIS NOS CALAREMOS!

luiza Brunet

Recentemente saiu na mídia o caso da Luiza Brunet que era casada á 5 anos  com o empresário  Lírio Parisotto,onde a mesma sofreu agressões  de seu  companheiro.

Este caso trouxe a tona o que muitas mulheres já passaram ou passam em seus relacionamentos,  mas infelizmente ainda nos dias atuais muitas delas se calam, cada uma com seu motivo particular,  se calam por medo ou por vergonha, talvez porque sua autoestima está reduzida a nada e elas se deixam levar por pensamentos autodestrutivos.E assim acabam aceitando agressões em cima de agressões, sofrendo caladas.

Eu tenho o seguinte pensamento e acredito plenamente que Deus nós fez com tanto carinho, nos ama de tal maneira ele nos vê e trata como princesas, e por isto não podemos aceitar um tratamento menor do que este, entendo que é muito difícil falar, denunciar mas não podemos nós calar.

Não podemos aceitar nenhum tipo de agressão, nem física e nem psicológica, temos que nos enxergar como Deus nos enxerga, como algo precioso e valoroso, não podemos deixar que ninguém tire isto de nós, mesmo que este “alguém” seja bem próximo e que um dia amamos muito.

Certa vez ouvi algo que me fez refletir muito, falava sobre o amor próprio, o palestrante  usou um dos 10 mandamentos que Deus nós deixou  que diz;

“Amai o próximo como á ti mesmo”

Ele nós fez refletir que para eu amar o próximo tenho que primeiro me amar porque depois que eu saber o que é me amar conseguirei amar alguém, porque terá que ser como a mim mesma.

Eu entendo que um casamento é a união de 2 pessoas completamente diferentes em que ambas estarão se esforçando para fazer o seu parceiro feliz, até que as diferenças não sejam mais levadas em consideração porque  os 2 acabam se fundindo e se tornando 1 só, sendo uma parceria ideal.

Mas hoje o conceito do casamento mudou muito, vejo que muita gente quando casa se sente dono do outro,como se aquela pessoa fosse sua propriedade exclusiva, um objeto de seu uso.E ai que está o grande problema, porque um não se esforça para fazer o outro feliz ,mas busca e exige do seu “parceiro” a sua própria felicidade e é aqui que o fracasso do relacionamento acontece e ocasionam estes tipos de agressões.

Agora analise como está sendo o seu relacionamento, você é amada e respeitada como Deus te ama e te respeita? Ou seu relacionamento está sendo   abusivo, desrespeitoso e agressivo?

Se você analisar e ver que sua situação está sendo a segunda opção acima é hora de despertar fazer valer o seu valor, faça como a Luiza Brunet a qual eu parabenizo DENUNCIE sem medo, sem vergonha, coloque você um ponto final nesta história de terror, vire a pagina e comece uma nova história onde abaixo de Deus você seja pessoa mais importante.

 

Abraços.

Eliane Nóbrega.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s